Novo visual e CMS próprio

O carnaval numa cidade parada pacata do interior mineiro, sem muita coisa pra fazer, me motivou a encarar uma empreitada que eu gostaria de ter realizado há algum tempo: a reformulação visual e técnica deste blog.

O antigo HTML ainda tinha resquícios de um template do Blogger de 2004, que utilizei na primeira versão (quem chegou a dar uma olhada no código fonte antigo deve ter visto que estava uma vergonha). E mesmo achando que o layout não havia envelhecido muito, quis limpar a interface e renová-lo visualmente.

Sem chance nenhuma de acesso à internet (no lugar não funciona nem celular), mas uma cópia do CodeIgniter no notebook e um template HTML da home, começado há alguns meses, produzi a aplicação de gerenciamento de conteúdo, somente com as funcionalidades estritamente necessárias: gerenciamento de posts, comentários e links da lateral (o tal blogroll).

Não deixei de gostar do Textpattern, mas ultimamente, com a facilidade de desenvolvimento usando frameworks, tenho dado preferência à flexibilidade de aplicações customizadas na maioria dos casos. Além disso, eu sempre achei o esquema de comentários do Textpattern meio esquisito – nunca consegui fazer funcionar redondinho.

Para a interface da área de administração de conteúdo, utilizei um padrão que viemos desenvolvendo durante os anos na Media Design. Atende muito bem para a maioria dos sites, com poucas adaptações.

Claro que ainda falta um bocado de coisa pra fazer. A princípio quero implementar um sistema de tags para os posts e colocar uma proteção contra os robôs de spam nos comentários, usando um CAPTCHA. Até lá, vou contando pra vocês sobre os ataques que receber.

Publicado em 07/02/2008

Comentários

bem bacana. qual a cidade perdida vc estava, rs?

Leoardo, o lugar se chama São José do Goiabal, próximo a Rio Casca e João Monlevade.

Cara, adorei o design limpo. Agora só precisa voltar a escrever pra deixar o site mais bonito :P

Abração
P.S.: Porque não veio ao Campus Party?

Valeu, Henrique! Eu preciso mesmo tomar vergonha na cara e voltar a postar com freqüência. Assunto não falta, pois a pós-graduação está sendo ótima. O que falta mesmo é o de sempre: tempo.

Quanto ao Campus Party, confesso que a princípio não fiquei muito entusiasmado e acabei não planejando a ida. Mas depois que vi como estava bacana – pela TV e nos blogs – me arrependi de não ter ido. Fica pro ano que vem, né?

Abraço.

Gostei do site “clean” (aliás, sou adepto também). Sucesso com o site/blog. Abraço!

Que tal uns screenshots ou partes de códigos que nós, leitores, não temos a chance de ver?

Fala Marchezini!
tempao que eu num entrava aqui, fico fino o no visual. vou acompanhar mais de perto, pra tentar entender das “letrinhas” por tras de tudo…

abrax!

Obrigatório, mas não será exibido no comentário
Opcional
Somente marcação Textile